Você sabia que dominar um nicho de mercado pode fazer com que você cresça de forma exponencial?

Mas, infelizmente, muitas empresas, inclusive as que estão no mercado já há um bom tempo, não entendem toda a estratégia por trás desse conceito. Aliás, fazem muita confusão com o conceito de nicho de mercado.

A grande verdade é que você precisa de um nicho para desenvolver toda a estratégia do seu negócio. Abraçar o mundo só levará você à falência ou à estagnação, assim como tem acontecido com muitas empresas.

E não entenda errado, nichar não significa diminuir. Muito pelo contrário, nichar significa aumentar, crescer. E por mais incompatível que isso possa parecer, você entenderá exatamente o que eu quero dizer quando chegar ao final deste artigo.

E fique tranquilo, neste artigo você entenderá o que é um nicho de mercado, alguns exemplos de empresas que dominaram seus nichos e depois expandiram, bem como a importância em escolher um nicho.

No final do artigo, você terá um bônus. Então, vamos lá! Ao longo do texto, você verá:

  • O que é nicho de mercado?
  • Por que nichar?
  • Exemplos;
  • Escolher um nicho é o segredo para vender mais;
  • Conclusão + bônus.

O que é nicho de mercado?

Sem enrolação, um nicho de mercado é um pedaço de um público maior.

É muito comum pensar em nicho como um ramo de atividade ou um setor. Mas, essa é apenas uma das formas de “cortar” esse pedaço.

Existem várias formas de nichar. Você pode escolher o seu nicho pelo comportamento, cultura, estrutura, localização, ramo de atividade, dentre outras formas.

Além disso, você pode usar mais de uma forma para segmentar o seu público.

Por exemplo, você pode querer atender empresas que vendem para outras empresas (B2B) do setor de serviço do ramo alimentício da cidade de Porto Alegre.

Além disso, essas empresas precisam ter no mínimo 10 colaboradores para fazer sentido para o que você oferece. Ou seja, empresa com menos de 10 colaboradores não aproveitarão tão bem a sua solução.

Talvez, para ao seu negócio, não seja necessário restringir o ramo de atividade. Então, você poderia focar em empresas B2B do setor de serviços que estão na cidade de Porto Alegre.

No entanto, pode fazer sentido para você apenas as empresas onde os decisores sejam mais jovens e tenham um cultura mais aberta para aceitarem desafios.

Portanto, quando você escolhe um nicho, você escolhe um público específico, levando em consideração aspectos geográficos, demográficos, comportamentais, estruturais.

Veja, nichar significa, sim, especificar. E é exatamente essa especificidade que fará com que você consiga se conectar com o seu público.

Por que nichar?

Existem muitas razões para isso. Vou usar um exemplo para ficar mais claro. Imagine que você vá oferecer um curso de escrita. Ou seja, você vai ensinar as pessoas a escrever.

Bom, isso por si só já seria interessante. Afinal, escrever bem pode te ajudar a melhorar a sua comunicação com outras pessoas.

No entanto, usar um discurso genérico desses pode resultar em dois grandes problemas.

Problema 1: Dificuldade para atrair o interesse do comprador

Pensa comigo, para mim, escrever é super importante. Eu estou sempre escrevendo artigos de blog e ebook’s. Faz parte da minha estratégia de Marketing.

Mas, qual a minha reação quando eu vejo um curso de escrita com a seguinte oferta:

Você está com dificuldades para escrever? Isso tem atrapalhado seus negócios ou seus estudos?

Nós criamos um curso de escrita que vai te deixar 10x mais produtivo e tornar seus textos 10x mais impactantes.

Clique aqui…

Tá, vai.. eu até poderia me interessar se esse problema estivesse MARTELANDO na minha cabeça, o que dificilmente acontece.

Dificilmente vou colocar a culpa dos meus resultados terríveis na forma como eu escrevo.

Mas, observe agora essa segunda oferta:

Está com dificuldade para engajar seus clientes com seus conteúdos?

Você não consegue fazer com que seu público fique mais de 30 segundos lendo seus artigos?

Tem obtido poucas assinaturas no seu blog?

Nós temos uma ótima notícia para você! Criamos um curso que vai ensinar você a escrever do jeito certo e fazer com que você tenha 10x mais engajamento com o seu público e 3x mais assinaturas no seu blog.

Clique aqui..

“Uau! Como eles sabem que eu tenho esse problema?”

Percebeu a diferença entre nichar e não nichar? E eu garanto que existem várias pessoas como eu que escrevem diariamente. Se na sua cidade não tem tantos profissionais assim, expanda um pouco o aspecto geográfico.

Bom, nós temos um segundo problema. Um curso de escrita genérico provavelmente terá um conteúdo genérico.

Problema 2: Experiência negativa

Vamos imaginar que no impulso eu aceitei fazer o curso de escrita genérico. Ao finalizá-lo, detestei porque o professor ensinou técnicas para escrita de texto impresso, texto acadêmico e texto de documentos.

Ou seja, nada do que eu preciso para o meu trabalho. Para não dizer nada, vamos dizer que aproveitei 30% do curso. Mesmo assim, o que eu vou fazer?

Simplesmente não vou recomendar esse curso para ninguém e é provável até que eu fale mal, o que é péssimo para um negócio!

Agora, imagine que eu tenha realizado o curso específico. No final, terei aprendido técnicas como escolha de palavras-chave, copywriting, escrita em “F”, tamanhos de parágrafo, coerência, coesão, etc.

No final eles deram até 1h de mentoria.

Uau! Certamente eu vou recomendar esse curso para os meus colegas. No mínimo eu vou publicar a minha satisfação nas redes sociais.

Percebe agora a importância de nichar?

Significa que o curso vai ser sempre para esse nicho? Bom, se você entender que o seu mercado é grande o suficiente ou se você quiser, sim.

É aqui que os empreendedores ficam confusos. No caso do curso, é natural pensar algo do tipo:

Certo, agora que eu fiz para produtor de conteúdo online, preciso escolher um outro nicho.. hmmm.. deixa eu pensar.. já sei! Advogados!

Calma aí. Lembra que falamos que nicho pode ser escolhido por aspectos geográficos? Então por que não continuar com produtores de conteúdo online, mas em outro estado ou cidade?

Veja, nada impede de você optar por montar um curso de escrita para advogados. Vai depender da sua estratégia. Só não se limite a isso.

Bom, para não restar dúvidas, todas as grandes empresas começaram com um nicho e depois expandiram, geograficamente ou não. Vamos analisar alguns exemplos no próximo tópico.

Exemplos

Escolhi, propositalmente, empresas gigantes. Todas começaram pequenas e com um nicho bastante específico. No entanto, todas elas cresceram e expandiram.

Facebook

Quem acha que o facebook começou com um rede aberta para qualquer público está completamente enganado.

Em 2004, enquanto estudava na universidade de Harvard, Mark Zuckerberg, criou um site para que seus colegas colocassem fotos e trocassem informações.

Mark observou que o teste foi um sucesso e resolveu expandir para outro público, mas ainda para universitários das universidades de mais prestígio dos EUA.

Somente depois, quando a rede conquistou o público universitário, o facebook ganhou visibilidade e autoridade para expandir para outros públicos.

PayPal

PayPal é uma das maiores plataformas de pagamentos online do mundo e teve seu início de 1998.

O objetivo deles foi permitir pagamentos online porque até então existiam apenas meios tradicionais, como talão de cheques, etc.

Eles começaram em um nicho bem específico. Observaram que já existiam plataformas de compras e leilão e a maior delas na época era o eBay.

Eles focaram nos usuários do eBay porque sabiam que os usuários do eBay escolhiam as compras online, mas tinham que pagar de outra forma.

Usando o PayPal, os usuários do eBay não precisavam sair do site para finalizar a compra.

Isso funcionou perfeitamente e atraiu o interesse de grandes empresas. Com essa visibilidade e autoridade, o PayPal expandiu para outros nichos, além dos usuários do eBay.

Atualmente, o PayPal continua sendo uma das maiores plataformas de pagamento online.

La Quinta

La Quinta é uma rede americana de hotel fundada há mais de 40 anos. Ela começou atendendo especificamente profissionais que fazem viagens de negócio.

Com isso, a rede reduziu drasticamente os custos, eliminando serviço de quarto, já que esses profissionais quase não ficavam no hotel e quando ficavam, queriam silêncio e concentração para fazerem seus relatórios.

Além disso, nos hotéis não havia restaurante. No entanto, o hotel ficava sempre próximo a um bom restaurante.

Como os profissionais sempre viajavam, a rede sempre procurou distribuir seus hotéis próximo das rodovias.

Essas estratégias fizeram com que a rede fosse a escolha ideal desses profissionais, permitindo que a rede crescesse rapidamente e expandisse geograficamente.

Atualmente, com algumas mudanças, a rede continua optando por cidades menores porque têm terrenos mais baratos e cidades de negócio, preferencialmente apoiadas por alguma indústria.

Escolher um nicho é o segredo para vender mais

Todo negócio envolve uma estratégia de vendas. Ou seja, você não cria um negócio sem pensar em vender e você não cresce sem vender.

Além disso, observe que todos os exemplos citados até aqui envolvem a solução de um problema específico. Ou seja, todo processo de venda deve estar direcionado para a solução do problema do cliente.

Pois é, como você viu no exemplo do curso de escrita, quando você não tem um nicho, você tem vários problemas e bom.. você já entendeu o que acontece quando você tenta resolver vários problemas, né?

Portanto, escolher o seu nicho está diretamente relacionado com a dor do seu potencial cliente.

A questão é que quando você domina um nicho fica muito mais fácil criar uma estratégia de marketing para atrair seu público.

Ou seja, fica muito mais fácil escrever um conteúdo, direcionar a compra de listas de email, criar um site efetivo, anunciar no google, redes sociais, eventos, outdoor, dentre outros canais de aquisição.

Além disso, fica muito mais fácil criar toda a argumentação de vendas dos seus vendedores. Por exemplo, entender o seu nicho trará mais clareza ao pensar nas perguntas certas para o SPIN, caso você o utilize.

Não apenas isso, possibilitará a elaboração de uma proposta comercial efetiva, mostrando como você ajuda o seu potencial cliente e quais os resultados ele poderá obter com o seu produto ou serviço.

Conclusão + bônus

Por fim, vimos a importância de dominar um nicho e como isso pode te ajudar a vender mais e fazer o seu negócio crescer.

Espero que este artigo tenha esclarecido suas dúvidas em relação ao conceito de nicho de mercado.

No título você viu que teria um bônus no final. Pois é, nós estamos oferecendo uma mentoria gratuita de 30min para quem quiser dicas para dominar um nicho de mercado e vender mais.

Para ficar mais claro, a Resultados Previsíveis é uma empresa de consultoria de vendas especializada em organizar e colocar em prática operações de vendas enxutas, lucrativas e de alto desempenho.

Temos ajudado dezenas de empresas a melhorar seus resultados nas vendas e tudo começa com o nicho de mercado. Caso faça sentido para você, então é só preencher o formulário abaixo!



Um grande abraço e te espero para bater um papo!

About Gustavo Rezende Krüger

4 thoughts on “Nicho de Mercado: O que é, por que é importante, exemplos e bônus no final

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *